Setembro Amarelo – Positive Tracks: Dicas de livros que todos deveriam ler!

14 de setembro de 2020

Positive Tracks, o programa da Mundo Livre FM que ajuda combater a depressão, também traz dicas além do Dial neste Setembro Amarelo.

Já que a pandemia prejudicou nossos domingos de Mundo em Movimento, nas Ruínas de São Francisco, e o Positive Day, com atividades adaptadas para combater os sintomas da depressão como psicólogos disponíveis, sessões de meditação, pet terapia e mais, encontrei uma outra alternativa para deixar este mês mais especial.

Além das pílulas musicais diárias, que contam com uma vinheta de identificação do projeto, a sua rádio de atitude também vai trazer dicas para o seu bem-estar durante o mês de setembro. Com a ajuda dos ouvintes, fiz uma  lista de séries para você maratonar e que rendem algumas gargalhadas. Nesta segunda-feira (14) também vai rolar o Conexão Mundo Livre especial Setembro Amarelo na minha página do Facebook. Silvia Sprenger vai entrevistar o Psicólogo Psicoterapeuta, Tonio Luna,  que participou do processo de criação do projeto Positive Tracks e vai falar sobre a música como combate da depressão, a importância da saúde mental e muito mais!

E continuando com as dicas, hoje trago sugestões de leitura. Com a colaboração dos ouvintes e da minha equipe, separei alguns livros que todos deveriam ler. Confira a lista abaixo e aproveite!

Uma longa queda

Na noite de Ano Novo, quatro pessoas solitárias se encontram no topo de um prédio. Curiosamente, todos têm o mesmo plano: cometer suicídio. Diante da ironia da situação, eles se tornam amigos, e fazem um pacto: nenhum deles se matará até o Dia dos Namorados, em fevereiro. E assim, eles formam uma espécie de família problemática e decidem que têm seis semanas para encontrar razões legítimas para continuar vivos.

Alta fidelidade

Também escrito por Nick Hornby, o livro conta a história de Rob, um sujeito perdido. Aos 35 anos, o rompimento com a namorada o leva a repensar todas as esferas da vida: relacionamento amoroso, profissão, amizades. Sua loja de discos está à beira da falência, seus únicos amigos são dois fanáticos por música que fogem de qualquer conversa adulta e, quanto ao amor, Rob está no fundo do poço. Para encarar as dificuldades, ele vai se deixar guiar pelas músicas que deram sentido à sua vida e descobrir que a estagnação não o tornou um homem sem ambições. Seu interesse pela cultura pop é real, sua loja ainda é o trabalho dos sonhos e Laura talvez seja a única ex-namorada pela qual vale a pena lutar. Um romance sobre música e relacionamento, sobre as muitas caras que o sucesso pode ter e sobre o que é, afinal, viver nos anos 1990. Com rajadas de humor sarcástico e escrita leve, a juventude marinada em cultura pop ganhou aqui seu espaço na literatura. Este é um retrato do homem contemporâneo sem ruídos, um retrato em alta fidelidade.

A Sutil Arte de Ligar o F*da-Se

Coaching, autoajuda, desenvolvimento pessoal, mentalização positiva.  A verdade é que a pressão de demonstrar positividade e felicidade o tempo todo está sufocando uma geração. Se tornou um pecado social se deixar abater com os problemas. Hoje em dia, ninguém pode apenas fracassar sem aprender nada com isso. E isso é insuportável. Aí que entra a revolucionária e sutil arte de ligar o foda-se.

Cem dias entre céu e mar

Navegando ao lado dos peixes, entretendo conversas com gaivotas e tubarões, remando no meio de uma creche de baleias, este livro é um relato de uma travessia absolutamente incomum: mais de 3500 milhas (cerca de 6500 quilômetros) desde o porto de Lüderitz, no sul da África, até a praia da Espera no litoral baiano, a bordo de um minúsculo barco a remo. Verdadeira odisseia moderna, a história de Amyr Klink transporta o leitor para a superfície ora cinzenta, ora azulada do Atlântico Sul, tornando-o cúmplice de suas alegrias e seus temores, ao mesmo tempo em que narra, passo a passo, os preparativos, as lutas, os obstáculos e os presságios que cercaram a extraordinária viagem.

O que Alice esqueceu

Alice tinha certeza de que era feliz: aos 29 anos, casada com Nick, um marido amoroso, aguardando o nascimento do primeiro filho rodeada pela linda família formada por sua irmã, a mãe atenciosa e a avó. Mas tudo parece ir por água abaixo quando ela acorda no chão da academia… Dez anos depois!

Enquanto tenta descobrir o que aconteceu nesse período, Alice percebe que se tornou alguém muito diferente: uma pessoa que não tem quase nada em comum com quem ela era na juventude e, pior, de quem ela não gosta nem um pouco. Ao retratar a vida doméstica moderna provocando no leitor muitas risadas e surpresas, Liane Moriarty constrói uma narrativa ao mesmo tempo ágil e leve sobre recomeços, o que queremos lembrar e o que nos esforçamos para esquecer.

O conto da ilha desconhecida

Um homem vai ao rei e lhe pede um barco para viajar até uma ilha desconhecida. O rei lhe pergunta como pode saber que essa ilha existe, já que é desconhecida. Então o homem argumenta que assim são todas as ilhas, até que alguém desembarque nelas.Este pequeno conto de José Saramago pode ser lido como uma parábola do sonho realizado, isto é, como um canto de otimismo em que a vontade ou a obstinação fazem a fantasia ancorar em porto seguro. Antes, entretanto, ela é submetida a uma série de embates com o status quo, com o estado consolidado das coisas, como se da resistência às adversidades viesse o mérito e do mérito nascesse o direito à concretização. Entre desejar um barco e tê-lo pronto para partir, o viajante vai de certo modo alterando a ideia que faz de uma ilha desconhecida e de como alcançá-la. E essa flexibilidade o torna mais apto a obter o que sonhou: é necessário sair da ilha para ver a ilha que não vemos se não sairmos de nós.

O mundo de Sofia

Às vésperas de seu aniversário de quinze anos, Sofia Amundsen começa a receber bilhetes e cartões-postais bastante estranhos. Os bilhetes são anônimos e perguntam a Sofia quem é ela e de onde vem o mundo. Os postais são enviados do Líbano, por um major desconhecido, para uma certa Hilde Møller Knag, garota a quem Sofia também não conhece. O mistério dos bilhetes e dos postais é o ponto de partida deste romance fascinante, que já vendeu mais de 1 milhão de exemplares só no Brasil. De capítulo em capítulo, de “lição” em “lição”, o leitor é convidado a percorrer toda a história da filosofia ocidental, ao mesmo tempo que se vê envolvido por um thriller que toma um rumo surpreendente.

A História sem fim

A História Sem Fim conta a história de um garoto solitário, que através das páginas de um livro, passa para o reino da fantasia. Nessa terra imaginária, numa busca original e cheia de perigos, Bastian descobre a verdadeira medida de sua própria coragem e a capacidade para amar. O texto impresso em duas cores, verde e vinho, e as belas ilustrações no início de cada capítulo, completa o clima de encantamento que envolve o leitor.

O escafandro e a borboleta

O Escafandro e a Borboleta é um drama baseado na história real de um homem conceituado, talentoso e ativo, que encontrou forças inimagináveis para superar seus problemas diante de uma doença estarrecedora. Em dezembro de 1995, um acidente vascular cerebral mergulhou brutalmente Jean-Dominique Bauby em coma profundo. Ao sair dele, todas as suas funções motoras estavam deterioradas. Em seu corpo inerte, só um olho se mexia. Esse olho – o esquerdo – é o vínculo que ele tem com o mundo, com os outros, com a vida.

Já leu algum desses? Também aceito mais sugestões nos comentários!

E, lembre-se: se estiver passando por uma crise, busque ajuda!
O Centro de Valorização da Vida realiza apoio emocional e prevenção do suicídio, atendendo voluntária e gratuitamente todas as pessoas que querem e precisam conversar, sob total sigilo por telefone, e-mail e chat 24 horas todos os dias.
Acesse: https://www.cvv.org.br/

 

hash track

Peça seu som e ouça no Hashtrack!

Exemplo:
Artista: Neil Young
Música: Rockin' In The Free World
#Esse som é muito marcante pra mim porque foi o primeiro que rolou na minha programação.

Aplicativo

Você pode ouvir a rádio Mundo Livre direto no seu smartphone.

Disponível no Google Play Disponível na App Store

2020 © Mundo Livre FM. Todos os direitos reservados